O EVENTO

DADOS PESSOAIS SÃO A NOVA ENERGIA DO MERCADO

Se por um lado as empresas querem tratá-los cada vez mais em favor da inovação, de tecnologias disruptivas, de serviços que a sociedade deseja, e, por que não dizer, de negócios altamente rentáveis, por outro, as pessoas ainda não conhecem o real valor desses ativos.

Diariamente, milhares de dados pessoais são cedidos em troca de pequenos descontos, ou pela gratuidade de serviços que já não custariam muito de qualquer maneira.

Nesta troca de dados por pequenas vantagens, há um abismo no desconhecimento dos riscos, que podem proporcionar desde de pequenos incômodos até danos de grandes proporções, decorrentes de falta de diligência, ocultação de incidentes, vazamentos, comprometimento de imagem, violação de segredos, sequestro digital, entre outros.

No centro de todos esses assuntos, está o tratamento de dados pessoais, que, se mal feito, é capaz de causar importantes impactos no valor de mercado das companhias, com a aplicação de multas bilionárias e o imediato reflexo percebido com oscilações nas bolsas de valores. 

Ainda que o objetivo não seja a busca pela utopia da plena segurança, o mundo se movimenta para regular esse processo, primando pela privacidade e autodeterminação dos titulares.

Dados são voláteis e sujeitos a erros humanos, de sistemas e de processos. Porém, é exatamente esse o ponto central: se não é possível garantir 100% de segurança, torna-se necessário conhecer os riscos, mitigá-los e estabelecer com clareza os papéis e responsabilidades de cada parte envolvida.

Com essa promessa, o Regulamento Geral de Proteção de Dados Europeu caminha para o seu primeiro aniversário, exibindo uma retrospectiva que envolve gigantes do mercado, a vulnerabilidade de bilhões de titulares e autoridades de importantes nações preocupadas e diligentes.

Em 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados Brasileira entrará em vigor! O tema, portanto, é inadiável.

Por isso, em 2019, o 2º Congresso Internacional de Proteção de Dados será a plataforma perfeita para uma profunda discussão com autoridades e com os maiores especialistas do setor, a última grande oportunidade para se antecipar às tendências em Proteção de Dados no Brasil.

No primeiro dia de evento, o Workshop Day, você poderá escolher o tema de seu interesse em uma das 3 salas simultâneas, para criar a sua própria experiência. No segundo dia, o Main Event, as atrações serão distribuídas entre sessões plenárias, com palestras e painéis, também divididos por trilhas de conhecimento.

Inscreva-se já e seja um agente transformador!

#CIPD2019

POR QUE PARTICIPAR DO CONGRESSO?

1. O SEU PRAZO ESTÁ SE ESGOTANDO

A LGDP entrará em vigor em agosto de 2020 e o programa para sua implementação reclama a dedicação de meses. Por isso, ser diligente, antecipar-se aos problemas e zelar pela conformidade é, sem dúvidas, um diferencial competitivo. A inconformidade poderá excluir muitos players do mundo dos negócios.

2. ENCONTRE AS RESPOSTAS EM UM SÓ LUGAR

O mercado se movimenta para a conformidade, mas diversas são as dúvidas sobre os melhores caminhos, os riscos e a expectativa de atuação da Autoridade de Proteção de Dados no Brasil. Ter a chance de encontrar todas as respostas em um só lugar, um grande evento, pode encurtar (e muito) todo o seu percurso nesta jornada.

3. DESCUBRA GRANDES OPORTUNIDADES

Como em todo novo mercado, as oportunidades em Proteção de Dados são inúmeras. Mas para tornar-se um DPO (Data Protection Officer), realizar uma migração de carreira, prestar consultoria em Proteção de Dados, ou mesmo advogar no setor, você deve assumir o compromisso de estar em constante atualização, especialmente em um assunto ainda tão novo.

4. VIVA O NETWORKING DE IMPACTO

Com esta nova demanda de governança em proteção de dados e o risco de multas altíssimas, que podem chegar a R$ 50.000.000,00, as principais empresas que mantém operações no Brasil estarão no Congresso, assim como os grandes players do mercado de privacidade e proteção de dados. Trata-se de oportunidade única para aumentar sua rede de relacionamentos, trocar experiências e fechar negócios.

DEPOIMENTOS

PÚBLICO-ALVO

O Congresso Internacional de Proteção de Dados atrai profissionais das mais diversas áreas de atuação, que têm como interesse comum a privacidade e a proteção de dados sob as mais diversas perspectivas, jurídica, de compliance, tecnologia, gestão, negócios, entre outras.

Advogados, profissionais de compliance, DPO`s, CFO’s, CEO’s, CIO’s, CTO’s, controllers, auditores, consultores, funcionários públicos, integrantes de RH, suprimentos, marketing, controles internos, são alguns dos profissionais que certamente poderão extrair o melhor do Congresso.

O conteúdo possui abrangência geral e aplicação em todos os setores da economia, mas destacam-se:

002-lock
Security Empresarial
001-building a
Segurança Corporativa
auto
Automotivo
aviacao
Aviação Civil
farma
Farmacêutica
financeiro
Financeiro
fomento
Fomento Comercial
investimento
Fundo de Investimento
juridico
Jurídico
varejo
Varejo
seguradoras
Seguradoras
telecom
Telecom
ti
TI
servicos
Serviços
O conteúdo possui abrangência geral e aplicação em todos os setores da economia, mas destacam-se:
002-lock
Security Empresarial
001-building a
Segurança Corporativa
auto
Automotivo
aviacao
Aviação Civil
farma
Farmacêutica
financeiro
Financeiro
fomento
Fomento Comercial
investimento
Fundo de Investimento
juridico
Jurídico
varejo
Varejo
seguradoras
Seguradoras
telecom
Telecom
ti
TI
servicos
Serviços